PRÁTICAS INTEGRATIVAS E COMPLEMENTARES: Jacuizinho projeta adesão ao projeto

Na ultima terça-feira, dia 16, o prefeito municipal Volmir Capitaneo, acompanha da primeira dama e secretária de Assistência Social Dilene Neske e da Secretária de Saúde Maria Lourdes Kriese, estiveram na capital do estado, visando conhecer a Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares, para a implantação do programa no município de Jacuizinho.

Dilene Neske, explica que as Práticas Integrativas e Complementares (PICS) são tratamentos que utilizam recursos terapêuticos baseados em conhecimentos tradicionais, voltados para prevenir diversas doenças como depressão e hipertensão. Em alguns casos, também podem ser usadas como tratamentos paliativos em algumas doenças crônicas.

Atualmente, o Sistema Único de Saúde (SUS) oferece, de forma integral e gratuita, 29 procedimentos de Práticas Integrativas e Complementares (PICS) à população. Os atendimentos começam na Atenção Básica, principal porta de entrada para o SUS.

Evidências científicas têm mostrado os benefícios do tratamento integrado entre medicina convencional e práticas integrativas e complementares, explica o prefeito Capitaneo, citando que além disso, há crescente número de profissionais capacitados e habilitados e maior valorização dos conhecimentos tradicionais de onde se originam grande parte dessas práticas.

A Secretária de Saúde Maria Lourdes Kriese, comenta que o objetivo de implementar o programa em Jacuizinho é os tratamentos alternativos à medicina baseada em evidências na rede de saúde pública, através do Sistema Único de Saúde, onde beneficiará a população de Jacuizinho.

Vinicius Nunes, assessor da bancada do PL, participou da reunião.

PREVISÃO DO TEMPO