Jacuizinho participa do 7º Fórum Microrregional de Segurança e Soberania Alimentar em Arroio do Tigre

Foto: Escritório da Emater de Jacuizinho

Jacuizinho estava entre as 12 Delegações de municípios que  participaram na sexta-feira, 14, no Salão Paroquial Católico, em Arroio do Tigre, da 7ª edição do Fórum Microrregional de Segurança e Soberania Alimentar. O evento foi promovido pela Associação das Agricultoras de Arroio do Tigre e Emater/RS-Ascar, com o apoio do Sindicato dos Trabalhadores Rurais e Prefeitura de Arroio do Tigre.

O assistente técnico estadual da área de Agroecologia e Plantas Bioativas da Emater/RS-Ascar, Gervásio Paulus, palestrou sobre “O segredo e virtude das plantas”.

Após, as agricultoras iniciaram seus relatos sobre os Projetos Municipais de Segurança e Soberania Alimentar desenvolvidos durante o ano nos municípios. “Fazeres e sabores: os caminhos do leite em Arroio do Tigre” foi apresentado pelos jovens agricultores Janine Eduarda Haas e Roberto Carlos Jahn, que contaram sua prática com a atividade de bovinocultura de leite, “uma das principais atividades desenvolvidas na propriedade”, segundo Janine. “A agroecologia sob diversos aspectos: hortifruti, plantas medicinais, turismo, Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) e agroindústria” foi o projeto desenvolvido em Candelária.

Do município de Estrela Velha foi apresentado “Amendoim da produção ao consumo”, e encerrando o primeiro bloco de apresentações, “Produção e consumo das leguminosas na promoção da segurança e soberania alimentar”, de Ibarama.

A programação teve continuidade, no período da tarde, com um momento de integração conduzido pelo professor de educação física, Gilson da Silva. Posteriormente, os relatos seguiram com as apresentações do município de Jacuizinho, “Que seu alimento seja seu remédio”; Lagoa Bonita do Sul com o projeto “Cultivando batata-doce, gerando saúde”. De Lagoão foi apresentado o projeto “Laranja: fonte de aroma, sabor e saúde” e, finalizando o segundo bloco de apresentações. Foi apresentado o projeto “Do plantio ao consumo da mandioca”, do município de Passa Sete.

A programação também teve momento espiritual, com uma bênção realizada pelo padre Marcos Eichner, da Paróquia Sagrada Família, aos presentes e das cestas com sementes e mudas trazidas por cada um dos 12 municípios participantes.

Posteriormente, as cestas foram trocadas entre os participantes, de forma que as agricultoras puderam além de sementes e mudas, trocar conhecimentos em relação ao cultivo das espécies. Após o momento espiritual, teve início o terceiro bloco de apresentações com as experiências dos municípios de Segredo: “Produção e aproveitamento de ovos”; Sobradinho: “Delícias do feijão”; “Aproveitamento de abóboras e morangas nas propriedades”, do município de Tunas e “Peixe, da criação ao consumo e agroindústria” de Vale do Sol.

Jacuizinho desenvolveu o projeto municipal de segurança e soberania alimentar, “Que seu alimento seja o teu remédio”, com ênfase nas plantas aromáticas, condimentares e medicinais, com o objetivo de sensibilizar as famílias sobre a importância da qualidade dos alimentos na promoção da saúde e melhoria da qualidade de vida, além do aproveitamento dos alimentos existentes nas propriedades rurais. As ações foram desenvolvidas em parceria com Emater/RS- Ascar,  CRAS ( Centro de Referência da Assistência Social), agentes  comunitárias de saúde, associação das trabalhadoras rurais e secretaria da educação, realizando oficinas com as trabalhadoras rurais e também com estudantes, além do Fórum Municipal de Segurança e Soberania Alimentar

PREVISÃO DO TEMPO